Índia – Nosso agir e nosso olhar

Renzo Andrich entrevista Rozelle Rebello (Mumbai)

Rozelle. Olá Renzo, sou Rozelle Rebello, de Mumbai, Índia. Mesmo que eu tenha habilidades diferentes, fui amada e aceita por minha família. Aos 13 anos fiz uma cirurgia na perna, que, infelizmente, deixou minha perna esquerda não totalmente funcional, limitando ainda mais minha mobilidade. Perdi meu pai em 2018, mas isso não me afastou de perseguir minhas aspirações em poesia e na criação de pulseiras artesanais.

Renzo. Rozelle, pela sua experiência eu entendo que era muito importante para você ter uma família que te apoiou e uma rede de grandes amigos. No entanto, a sociedade ainda tem muitas barreiras. Qual é a sua mensagem sobre isso?

Rozelle. Renzo, obrigado por sua pergunta. Eu gostaria de responder com um poema curto que escrevi recentemente.

Através do nosso agir e do nosso olhar sobre as coisas, nós entendemos,
que uma sociedade inclusiva está ao nosso alcance.
Ela deve mudar uma mentalidade baseada em estereótipos,
para ser capaz de esperar por um ambiente acessível.
Como cidadãos no mundo, nossas vozes de inclusão
e acessibilidade devem ser ouvidas por todos.